Source

emacs / etc / TUTORIAL.pt_BR

Full commit
   1
   2
   3
   4
   5
   6
   7
   8
   9
  10
  11
  12
  13
  14
  15
  16
  17
  18
  19
  20
  21
  22
  23
  24
  25
  26
  27
  28
  29
  30
  31
  32
  33
  34
  35
  36
  37
  38
  39
  40
  41
  42
  43
  44
  45
  46
  47
  48
  49
  50
  51
  52
  53
  54
  55
  56
  57
  58
  59
  60
  61
  62
  63
  64
  65
  66
  67
  68
  69
  70
  71
  72
  73
  74
  75
  76
  77
  78
  79
  80
  81
  82
  83
  84
  85
  86
  87
  88
  89
  90
  91
  92
  93
  94
  95
  96
  97
  98
  99
 100
 101
 102
 103
 104
 105
 106
 107
 108
 109
 110
 111
 112
 113
 114
 115
 116
 117
 118
 119
 120
 121
 122
 123
 124
 125
 126
 127
 128
 129
 130
 131
 132
 133
 134
 135
 136
 137
 138
 139
 140
 141
 142
 143
 144
 145
 146
 147
 148
 149
 150
 151
 152
 153
 154
 155
 156
 157
 158
 159
 160
 161
 162
 163
 164
 165
 166
 167
 168
 169
 170
 171
 172
 173
 174
 175
 176
 177
 178
 179
 180
 181
 182
 183
 184
 185
 186
 187
 188
 189
 190
 191
 192
 193
 194
 195
 196
 197
 198
 199
 200
 201
 202
 203
 204
 205
 206
 207
 208
 209
 210
 211
 212
 213
 214
 215
 216
 217
 218
 219
 220
 221
 222
 223
 224
 225
 226
 227
 228
 229
 230
 231
 232
 233
 234
 235
 236
 237
 238
 239
 240
 241
 242
 243
 244
 245
 246
 247
 248
 249
 250
 251
 252
 253
 254
 255
 256
 257
 258
 259
 260
 261
 262
 263
 264
 265
 266
 267
 268
 269
 270
 271
 272
 273
 274
 275
 276
 277
 278
 279
 280
 281
 282
 283
 284
 285
 286
 287
 288
 289
 290
 291
 292
 293
 294
 295
 296
 297
 298
 299
 300
 301
 302
 303
 304
 305
 306
 307
 308
 309
 310
 311
 312
 313
 314
 315
 316
 317
 318
 319
 320
 321
 322
 323
 324
 325
 326
 327
 328
 329
 330
 331
 332
 333
 334
 335
 336
 337
 338
 339
 340
 341
 342
 343
 344
 345
 346
 347
 348
 349
 350
 351
 352
 353
 354
 355
 356
 357
 358
 359
 360
 361
 362
 363
 364
 365
 366
 367
 368
 369
 370
 371
 372
 373
 374
 375
 376
 377
 378
 379
 380
 381
 382
 383
 384
 385
 386
 387
 388
 389
 390
 391
 392
 393
 394
 395
 396
 397
 398
 399
 400
 401
 402
 403
 404
 405
 406
 407
 408
 409
 410
 411
 412
 413
 414
 415
 416
 417
 418
 419
 420
 421
 422
 423
 424
 425
 426
 427
 428
 429
 430
 431
 432
 433
 434
 435
 436
 437
 438
 439
 440
 441
 442
 443
 444
 445
 446
 447
 448
 449
 450
 451
 452
 453
 454
 455
 456
 457
 458
 459
 460
 461
 462
 463
 464
 465
 466
 467
 468
 469
 470
 471
 472
 473
 474
 475
 476
 477
 478
 479
 480
 481
 482
 483
 484
 485
 486
 487
 488
 489
 490
 491
 492
 493
 494
 495
 496
 497
 498
 499
 500
 501
 502
 503
 504
 505
 506
 507
 508
 509
 510
 511
 512
 513
 514
 515
 516
 517
 518
 519
 520
 521
 522
 523
 524
 525
 526
 527
 528
 529
 530
 531
 532
 533
 534
 535
 536
 537
 538
 539
 540
 541
 542
 543
 544
 545
 546
 547
 548
 549
 550
 551
 552
 553
 554
 555
 556
 557
 558
 559
 560
 561
 562
 563
 564
 565
 566
 567
 568
 569
 570
 571
 572
 573
 574
 575
 576
 577
 578
 579
 580
 581
 582
 583
 584
 585
 586
 587
 588
 589
 590
 591
 592
 593
 594
 595
 596
 597
 598
 599
 600
 601
 602
 603
 604
 605
 606
 607
 608
 609
 610
 611
 612
 613
 614
 615
 616
 617
 618
 619
 620
 621
 622
 623
 624
 625
 626
 627
 628
 629
 630
 631
 632
 633
 634
 635
 636
 637
 638
 639
 640
 641
 642
 643
 644
 645
 646
 647
 648
 649
 650
 651
 652
 653
 654
 655
 656
 657
 658
 659
 660
 661
 662
 663
 664
 665
 666
 667
 668
 669
 670
 671
 672
 673
 674
 675
 676
 677
 678
 679
 680
 681
 682
 683
 684
 685
 686
 687
 688
 689
 690
 691
 692
 693
 694
 695
 696
 697
 698
 699
 700
 701
 702
 703
 704
 705
 706
 707
 708
 709
 710
 711
 712
 713
 714
 715
 716
 717
 718
 719
 720
 721
 722
 723
 724
 725
 726
 727
 728
 729
 730
 731
 732
 733
 734
 735
 736
 737
 738
 739
 740
 741
 742
 743
 744
 745
 746
 747
 748
 749
 750
 751
 752
 753
 754
 755
 756
 757
 758
 759
 760
 761
 762
 763
 764
 765
 766
 767
 768
 769
 770
 771
 772
 773
 774
 775
 776
 777
 778
 779
 780
 781
 782
 783
 784
 785
 786
 787
 788
 789
 790
 791
 792
 793
 794
 795
 796
 797
 798
 799
 800
 801
 802
 803
 804
 805
 806
 807
 808
 809
 810
 811
 812
 813
 814
 815
 816
 817
 818
 819
 820
 821
 822
 823
 824
 825
 826
 827
 828
 829
 830
 831
 832
 833
 834
 835
 836
 837
 838
 839
 840
 841
 842
 843
 844
 845
 846
 847
 848
 849
 850
 851
 852
 853
 854
 855
 856
 857
 858
 859
 860
 861
 862
 863
 864
 865
 866
 867
 868
 869
 870
 871
 872
 873
 874
 875
 876
 877
 878
 879
 880
 881
 882
 883
 884
 885
 886
 887
 888
 889
 890
 891
 892
 893
 894
 895
 896
 897
 898
 899
 900
 901
 902
 903
 904
 905
 906
 907
 908
 909
 910
 911
 912
 913
 914
 915
 916
 917
 918
 919
 920
 921
 922
 923
 924
 925
 926
 927
 928
 929
 930
 931
 932
 933
 934
 935
 936
 937
 938
 939
 940
 941
 942
 943
 944
 945
 946
 947
 948
 949
 950
 951
 952
 953
 954
 955
 956
 957
 958
 959
 960
 961
 962
 963
 964
 965
 966
 967
 968
 969
 970
 971
 972
 973
 974
 975
 976
 977
 978
 979
 980
 981
 982
 983
 984
 985
 986
 987
 988
 989
 990
 991
 992
 993
 994
 995
 996
 997
 998
 999
1000
1001
1002
1003
1004
1005
1006
1007
1008
1009
1010
1011
1012
1013
1014
1015
1016
1017
1018
1019
1020
1021
1022
1023
1024
1025
1026
1027
1028
1029
1030
1031
1032
1033
1034
1035
1036
1037
1038
1039
1040
1041
1042
1043
1044
1045
1046
1047
1048
1049
1050
1051
1052
1053
1054
1055
1056
1057
1058
1059
1060
1061
1062
1063
1064
1065
1066
1067
1068
1069
1070
1071
1072
1073
1074
1075
1076
1077
1078
1079
1080
1081
1082
1083
1084
1085
1086
1087
1088
Tutorial do Emacs. Veja no fim as condiушes para cзpia.

Os comandos do Emacs geralmente envolvem a tecla CONTROL (algumas vezes
nomeada CTRL ou CTL) ou a tecla META (algumas vezes nomeada EDIT ou
ALT). Antes de escrever isso tudo toda vez, usaremos as seguintes
abreviaушes:

 C-<chr>  Significa pressionar a tecla CONTROL enquanto digitar o
          caracter <chr>
	  Assim, C-f seria: Pressionar a tecla CONTROL e digitar f.
 M-<chr>  Significa pressionar a tecla META, EDIT ou ALT enquanto
          digitar <chr>.
	  Se nсo tiver META, EDIT ou ALT, no lugar digite ESC e depois
          <chr>. Escrevemos <ESC> para tecla ESC.


Nota importante: para terminar a seусo do Emacs, digite C-x C-c. (Dois
caracteres.) Os caracteres ">>" na margem esquerda indicam direушes para
vocЖ tentar usar um comando. Por exemplo:
<<Linhas vazias inseridas ao redor da linha seguinte por
ajuda-com-tutorial>>
[Metade da pрgina em branco para propзsitos didрticos. O texto continua
abaixo]
>>  Agora digite C-v (Ver prзxima tela) para ir para prзxima tela.
       (vр em frente, faуa isso pressionando a tecla CONTROL enquanto
       digitar v).
       De agora em diante, vocЖ deve fazer isso de novo sempre que vocЖ
       terminar de ler a tela.

Note que tem uma sobreposiусo de duas linhas quando vocЖ move de tela em
tela; isso fornece uma continuidade para que vocЖ continue lendo o
texto.

A primeira coisa que vocЖ precisa saber ж como se mover de um lugar a
outro no texto. VocЖ jр sabe como se mover para prзxima tela, com
C-v. Para se mover para trрs uma tela, digite M-v (pressione a tecla
META enquanto digita v, ou digite <ESC>v se vocЖ nсo tiver a tecla META,
EDIT ou ALT).

>>  Tente digitar M-v e depois C-v, algumas vezes.


* SUM┴RIO
---------

Os comandos a seguir sсo Щteis para visualizar telas inteiras

        C-v     Move para tela inteira posterior
	M-x     Move para tela inteira anterior
	C-l     Limpa a tela e re-mostra todo o texto, movendo o texto ao
		redor do cursor para o centro da tela. (Isso ж
		control-L, nсo control-1.)

>> Encontre o cursor, e note o texto que estр perto dele.
   Digite C-l.
   Encontre o cursor novamente e perceba que o mesmo texto continua
   perto do cursor.


* CONTROLE B┴SICO DO CURSOR
---------------------------

Movendo de uma tela inteira para outra tela cheia ж Щtil, mas como vocЖ
move para um lugar especifico com o mesmo texto na tela?

Existem diversas maneiras para vocЖ poder fazer isso. A maneira mais
bрsica ж utilizar os comandos C-p, C-b, C-f e C-n. Cada um desses
comandos movem o cursor uma linha ou coluna na tela em uma direусo
particular. Aqui estр uma tabela mostrando esses quatro comandos e as
direушes que eles movem:

                         Linha anterior, C-p
			          :
				  :
    Traz, C-b .... Posiусo corrente do cursor .... Frente, C-f
				  :
				  :
                          Linha posterior, C-n

>> Mova o cursor para a linha no meio do diagrama acima utilizando C-n
   ou C-p. Digite C-l para ver o diagrama inteiro centralizado na tela.

VocЖ provavelmente acharр isso fрcil pensando neles pela letra: P para
Previous (anterior), N para Next (Posterior), B para Backward (trрs) e F
para forward (frente). Estes sсo os comandos bрsicos de posicionamento
de cursor e vocЖ estarр utilizando eles a TODO tempo, entсo seria зtimo
se vocЖ os aprendesse agora.

>> Faуa alguns C-n's para trazer o cursor abaixo desta linha.

>> Mova para a linha com C-f's e depois para cima com C-p's.
   Veja o que C-p faz quando o cursor estр no meio da linha.

Cada linha de texto termina com um caractere de nova linha, que serve
para separar da prзxima linha. No fim da ultima linha deve ter um
caractere de nova linha (mas nсo ж exigido pelo Emacs).

>> Tente digitar C-b no comeуo da linha. O cursor deve mover para o fim
   da linha anterior. Isso acontece por que ele se moveu para trрs
   atravжs do caractere de nova linha.

C-f pode mover o cursor atravжs de uma Nova linha do mesmo jeito que
    C-b.

>> Faуa mais alguns C-b's, assim vocЖ percebe onde o estр o cursor.
   Depois alguns C-f's para retornar para o fim da linha.
   Depois mais um C-f para mover para linha seguinte.

Quando vocЖ move o cursor passando o topo ou o rodapж da tela, o prзximo
texto alжm da borda desloca-se na tela. Isso ж chamado rolagem. Isso
ativa o Emacs para mover o cursor para o lugar especificado no texto sem
move-lo fora da tela.

>> Tente mover o cursor fora do rodapж da tela com C-n, e veja o que
   acontece.

Se mover por caracteres ж muito lento, vocЖ pode se mover por
palavras. M-f (Meta-f) move uma palavra para frente e M-b uma palavra
para trрs.

>> Digite alguns M-f's e M-b's

Quando vocЖ estр no meio de uma palavra, M-f move o cursor para o fim da
mesma. Quando vocЖ estр em um espaуo em branco no meio de duas palavras,
M-f move o cursor para o fim da palavra seguinte. M-b funciona do mesmo
jeito na direусo contraria.

>> Digite M-f e M-b algumas vezes, intercalado com C-f's e C-b's assim
   vocЖ pode observar a aусo do M-f e M-b de varias lugares dentro e no
   meio de palavras.

Observe o paralelismo entre C-f e C-b por um lado, e M-f e M-b por outro
lado. Muito freqЧentemente os caracteres Meta sсo usados para operaушes
relacionadas com as unidades definidas pela linguagem (palavras,
sentenуas, parрgrafos), enquanto caracteres Control operam nas unidades
bрsicas que sсo independente do que vocЖ estр editando (caracteres,
linhas, etc).

Esse paralelismo aplica-se entre linhas e sentenуas: C-a e C-e move o
cursor para o comeуo ou fim da linha, e M-a e M-e move o cursor para o
comeуo ou fim da sentenуa.

>> Tente alguns C-a's, e depois alguns C-e's.
   Tente alguns M-a's, e depois alguns M-e's.

Veja como repetidos C-a's fazem nada, mas repetidos M-a's mantжm movendo
mais uma sentenуa. Embora estes nсo sejam completamente anрlogos, cada
um parece natural.

A posiусo do cursor no texto ж tambжm chamado "ponto" (point). Para
parafrasear, o cursor mostra na tela onde o ponto ж encontrado no texto.

Aqui estр um simples sumрrio das operaушes de movimento de cursor,
incluindo comandos de movimento de palavra e sentenуa.

	C-f     Move o cursor um caractere para frente
	C-b     Move o cursor um caractere para trрs

	M-f     Move o cursor uma palavra para frente
	M-b	Move o cursor uma palavra para trрs

	C-n	Move o cursor para linha posterior
	C-p	Move o cursor para linha anterior

	C-a	Move o cursor para o comeуo da linha
	C-e	Move o cursor para o fim da linha

	M-a     Move o cursor para trрs no comeуo da sentenуa
	M-e     Move o cursor para frente no fim da sentenуa

>> Tente agora todos estes comandos algumas vezes para praticar.
   Estes sсo os comandos mais utilizados.

Outros dois comandos de movimento de cursor importantes sсo M-< (Meta
Menor-que), o qual move o cursor para o comeуo de todo o texto, e M->
(Meta Maior-que), o qual move para o fim de todo o texto.

Na maioria dos terminais, o "<" ж acima da vьrgula, entсo vocЖ precisa
utilizar a tecla shift para digita-la. Nestes terminais vocЖ precisa
utilizar a tecla shift para digitar M-< tambжm; sem a tecla shift, vocЖ
estaria teclando M-virgula.

>> Tente agora M-<, para mover o cursor ao comeуo do tutorial.
   Use entсo C-v repetidamente para trazer o cursor novamente aqui.

>> Tente agora M->, para mover o cursor ao fim do tutorial.
   Use entсo M-v repetidamente para trazer o cursor novamente aqui.

VocЖ tambжm pode mover o cursor com as setas, se o seu terminal tem
teclas com setas. Nзs recomendamos aprender C-b, C-f, C-n e C-p por trЖs
razшes. Primeira, elas funcionam em todos os terminais. Segunda, uma vez
que vocЖ ganhar prрtica usando o Emacs, vocЖ descobrirр que digitar
nestes caracteres Control ж mais rрpido do que digitar nas setas (porque
vocЖ nсo tem que mover suas mсos tсo longe da posiусo de
digitaусo). Terceira, uma vez que vocЖ tiver o hрbito de utilizar estes
comandos de caracteres Control, vocЖ pode facilmente aprender como usar
outros comandos avanуados de movimentaусo do cursor.

A maioria dos comandos do Emacs aceitam argumentos numжricos; para
maioria dos comandos, isso serve como um fator de repetiусo. A maneira
que vocЖ da a um comando uma repetiусo teclando C-u e depois os dьgitos
antes de digitar o comando. Se vocЖ tem o META (EDIT ou ALT), tem outra
alternativa para digitar um argumento numжrico: digite os dьgitos
enquanto pressionando a tecla META. Nзs recomendamos aprender o mжtodo
C-u porque funciona em todos os terminais. O argumento numжrico tambжm ж
chamado de "argumento prefixo", porque vocЖ digita o argumento antes do
comando que ele se aplica.

Por exemplo, C-u 8 C-f move o cursor oito caracteres para frente

>> Tente usar C-n ou C-p com um argumento numжrico, para mover o
   cursor para um linha perto dessa com um Щnico comando.

A maioria dos comandos usam o argumento numжrico para um fator de
repetiусo, mas alguns comandos usam isso de outra maneira. Diversos
comandos (mas nenhum daqueles comandos que vocЖ tenha aprendido atж
agora) usam isso como uma marca -- a presenуa de um argumento prefixo,
independente do seu valor, faz o comando fazer alguma coisa diferente.

C-v e M-v sсo outro tipo de exceусo. Quando vocЖ da um argumento, eles
rolam a tela para cima ou para baixo por aquele nЩmero de linhas, de
preferЖncia com a tela cheia. Por exemplo, C-u 8 C-v rola a tela 8
linhas.

>> Tente agora digitar C-u 8 C-v.

Isso deve ter rolado a tela para cima 8 linhas. Se vocЖ quiser rolar a
tela para baixo novamente, vocЖ pode dar um argumento para o M-v.

Se vocЖ estр usando um display com janelas, como o X11 ou MS-Windows,
deve ter uma рrea retangular alta chamada barra de rolagem na mсo
esquerda da janela do Emacs. VocЖ pode rolar o texto clicando o mouse na
barra de rolagem.

>> Tente pressionar o botсo do meio no topo da рrea destacada junto a
   barra de rolagem. Isso deve rolar o texto para uma determinada
   posiусo dependendo de quсo alto ou baixo vocЖ clicar.

>> Tente mover o mouse para cima e para baixo, enquanto pressionar o
   botсo do meio. VocЖ verр que o texto rolarр para cima e baixo assim
   que vocЖ mover o mouse.


* QUANDO O EMACS PARECE MORTO
-----------------------------

Se o Emacs parar de responder os seus comandos, vocЖ pode seguramente
para-lo digitando C-g. VocЖ pode utilizar C-g para parar um comando que
estр levando muito tempo para executar.

VocЖ tambжm pode utilizar C-g para interromper um argumento numжrico ou
o inicio de um comando que vocЖ nсo quer terminar.

>> Digite C-u 100 para fazer um argumento numжrico de 100, e depois
   digite C-g. Agora digite C-f. O Cursor deve mover apenas um
   caractere, porque vocЖ cancelou o argumento com C-g.

Se vocЖ digitou um <ESC> por engano, vocЖ pode sair dele com um c-g.


* COMANDOS DESABILITADOS
------------------------

Alguns comandos do Emacs sсo "desabilitados" para que os usuрrios
iniciantes nсo utilizem por acidente.

Se vocЖ digita um dos comandos desabilitados, o Emacs mostrarр uma
mensagem dizendo qual comando foi, e pergunta se vocЖ quer seguir e
executar o comando.

Se vocЖ realmente quiser tentar o comando, digite Espaуo na resposta da
pergunta. Normalmente, se vocЖ nсo quer executar o comando desabilitado,
responda a pergunta com "n".

>> Digite C-x C-l (que ж um comando desabilitado),
   e entсo digite n para responder a pergunta.


* JANELAS
---------

O Emacs pode ter diversas janelas, cada uma mostrando seu prзprio
texto. Nзs vamos explicar mais tarde como utilizar estas mЩltiplas
janelas. Neste momento nos queremos explicar como se livrar das janelas
extras e voltar a ediусo bрsica em uma janela. ╔ simples:

	C-x 1	Uma janela (mate todas as outras janelas).

Isto ж Control-x seguido pelo digito 1. C-x 1 expande a janela que estр
com o cursor, para ocupar a tela inteira. Ela deleta todas as outras
janelas.

>> Mova o cursor para esta linha e digite C-u 0 C-l.
>> Digite Control-h k Control-f.
   Veja como esta janela diminui, enquanto uma nova aparece para mostrar
   a documentaусo do comando Control-f.

>> Digite C-x 1 e veja a listagem de documentaусo desaparecer.

Este comando ж diferente dos outros que vocЖ aprendeu por isso ele
consiste em dois caracteres. Ele inicia com o caractere Control-x. Tem
uma grande serie de comandos que iniciam com Control-x; a maioria deles
tem a ver com janelas, arquivos, buffers, e coisas relacionadas. Estes
comandos tem dois, trЖs ou quatro caracteres de tamanho.


* INSERINDO E DELETANDO
-----------------------

Se vocЖ quiser inserir um texto, apenas digite o texto. Os caracteres
que vocЖ verр, como A, 7, *, etc. sсo vistos pelo Emacs como texto e sсo
inseridos imediatamente. Digite <Return> para inserir um caractere de
nova linha.

VocЖ pode deletar o Щltimo caractere que vocЖ inseriu digitando
<Delete>. <Delete> ж uma tecla no teclado, que estр nomeado como
"Del". Em algumas casos, a tecla "Backspace" serve como o <Delete>, mas
nem sempre!

Mas geralmente, <Delete> deleta o caractere imediatamente anterior a
posiусo corrente do cursor.

>> Faуa isso agora - Digite alguns caracteres, entсo delete eles
   digitando <Delete> algumas vezes. Nсo se preocupe em modificar este
   arquivo; vocЖ nсo irр alterar o arquivo principal. Esta ж a sua cзpia
   pessoal dele.

Quando uma linha de texto fica muito grande na tela, a linha do texto ж
continuada na linha seguinte. Uma barra invertida ("\") na margem
direita indica a linha que foi continuada.

>> Insira texto atж que vocЖ alcance a margem direita, e mantenha
   inserindo. VocЖ verр a linha de continuaусo aparecer.

>> Utilize <Delete> para deletar o texto atж a linha caber em uma linha
   novamente. A linha de continuaусo irр embora.

VocЖ pode deletar o caractere de nova linha como qualquer outro
caracter. Deletando o caractere de nova linha entre duas linhas vocЖ
juntarр as duas em uma Щnica linha. Se o resultado for muito longo para
acomodar na largura da tela, aparecerр um caractere de continuaусo.

>> Mova o cursor para o inicio da linha e digite <Delete>. Isso juntarр
   esta linha com a anterior.

>> Digite <Return> para re-inserir a nova linha que vocЖ deletou.

Lembre-se que a maioria dos comandos do Emacs podem receber um nЩmero de
repetiусo; isso inclui texto de caracteres. Repetir um texto de
caractere o insere algumas vezes.

>> Tente isso agora -- digite C-u 8 * para inserir ********.

VocЖ acabou de aprender o jeito mais simples de digitar alguma coisa no
Emacs e corrigir os erros. VocЖ pode deletar palavras ou linhas
tambжm. Aqui vai um sumрrio dos comandos de deleусo:

        <Delete>     deleta o caractere imediatamente antes do cursor
        M-d          deleta o prзximo caractere apos o cursor

        M-<Delete>   Mata a palavra imediatamente antes do cursor
        M-d          Mata a prзxima palavra depois do cursor

        C-k          Mata a posiусo do cursor atж o fim da linha
        M-k          Mata atж o fim da sentenуa corrente

Note que o <Delete> e o C-d vs M-<Delete> e M-d estende o paralelo
iniciado por C-f e M-f (bem, <Delete> nсo ж realmente um controle de
caractere, mas nсo vamos nos preocupar com isso). C-k e M-k sсo como C-e
e M-e, uma parte, nessas linhas sсo sentenуas opostas.

VocЖ pode tambжm matar parte de um buffer com um mжtodo uniforme. Mova
para o fim dessa parte, e digite C-@ ou C-SPC (um ou outro). (SPC ж a
Barra de Espaуo.) Mova para o outro fim dessa parte, e digite C-w. Isso
ira matar todo o texto entre as duas posiушes.

>> Mova o cursor para o V no inicio do parрgrafo anterior.
>> Digite C-SPC. Emacs vai mostrar a mensagem "Mark set" no rodapж da
   tela.
>> Mova o cursor para o . (ponto) no "fim", na segunda linha do
   parрgrafo.
>> Digite C-w. Isso vai matar o texto iniciando no V, e terminando bem
   antes do . (ponto).

A diferenуa entra "matar" e "deletar" ж que o texto "matado" pode ser
re-inserido, onde os textos "deletados" nсo podem ser re-inseridos.
Re-inserусo de um texto matado chama-se colar (yanking). Geralmente, o
comando que pode remover bastante texto mata o texto (eles fazem com que
vocЖ possa colar (yank) o texto), enquanto os comandos que removem um
caractere, ou apenas linhas brancas ou espaуos, fazem deleусo (para que
vocЖ nсo possa colar esse texto).

>> Mova o cursor para o inicio da linha que nсo esteja vazia.
   Agora digite C-k para matar o texto nessa linha.
>> Digite C-k pela segunda vez. VocЖ verр que a nova linha que segue a
   linha serр matada.

Note que um simples C-k mata o conteЩdo de uma linha, ж um segundo C-k
mata a linha, e faz com que todas as outras linhas movam para cima. C-k
trata um argumento numжrico especialmente: ele mata tantas linhas E seus
conteЩdos. Isso nсo ж uma simples repetiусo. C-u 2 C-k mata duas linhas
e suas novas linhas; digitar C-k duas vezes nсo faria isso.

Para trazer o texto matado novamente ж chamado colar "yaking". (Pense
nisso como colar, ou trazer de volta, algum texto que foi levado
embora.) VocЖ pode colar (yank) o texto matado no mesmo lugar onde ele
foi matado, ou em qualquer outro lugar do buffer, ou ate em um arquivo
diferente. VocЖ pode colar o texto diversas vezes, o que farр diversas
copias dele.

O comando para colar ж C-y. Ele re-insere o ultimo texto matado, na
posiусo corrente do cursor.

>> Tente; digite C-y para colar o texto novamente.

Se vocЖ fizer diversos C-k's em uma linha, todo esse texto matado serр
salvo junto, entсo aquele C-y vai colar todas aquelas linhas de uma vez.

>> Faca isso agora, digite C-k diversas vezes.

Agora pegue o texto matado:

Digite C-y. Entсo mova o cursor para baixo algumas linhas e digite C-y
novamente. Agora vocЖ sabe como copiar determinado texto.

O que vocЖ faria se vocЖ tivesse determinado texto que vocЖ gostaria de
colar, e entсo vocЖ mata alguma outra coisa? C-y ira colar o kill mais
recente. Mas o antigo texto ainda nсo foi perdido. VocЖ pode tЖ-lo
novamente usando o comando M-y. Depois que vocЖ der um C-y para pegar o
kill mais recente, digitar M-y troca o que vocЖ colou pelo anterior a
ele. Digitar M-y novamente e novamente traz kills anteriores e
anteriores. Quando vocЖ tiver alcanуado o texto que vocЖ que esta
procurando, vocЖ nсo precisa fazer nada para mantЖ-lo. Apenas continue
com a sua ediусo, deixando o texto onde ele esta.

Se vocЖ digitar M-y o suficiente, vocЖ comeуarр do inicio novamente (o
kill mais recente).

>> Mate uma linha, mova por ai, mate mais uma linha.
   Agora digite C-y para colar a segunda linha matada.
   Agora digite M-y e ele vai ser trocado pelo primeiro kill.
   Faca mais alguns M-y's e veja o que vocЖ tem. Faca isso ate que o
   segundo kill volte, e depois mais alguns.
   Se vocЖ preferir, vocЖ pode tentar dar argumentos positivos e
   negativos.


* DESFAZENDO (UNDO)
-------------------

Se vocЖ fizer uma mudanуa no texto, e entсo decidir que isso foi um
erro, vocЖ pode desfazer com o comando de desfazer (undo), C-x u.

Normalmente, C-x u desfaz as mudanуas feitas por um comando; se vocЖ
repetir C-x u diversas vezes em uma linha, cada repetiусo irр desfazer
um comando adicional.

Mas tem duas exceушes: comandos que nсo trocam o texto nсo contam (isso
inclui o movimento do cursor e a barra de rolagem), e caracteres
auto-inseridos sсo usualmente cuidados em grupos de mais de 20 (Isso e
para reduzir o numero de C-x u's que vocЖ deve digitar para desfazer a
inserусo de um texto.).

>> Mate essa linha com C-k, entсo digite C-x u e isso vai re-aparecer.

C-_ ж um comando alternativo para desfazer; ele funciona exatamente como
o C-x u, mas ж mais fрcil de digitar diversas vezes em uma linha. A
desvantagem de C-_ ж que alguns teclados ele nсo ж tсo obvio para
digitar. ╔ exatamente por isso que o C-x u ж fornecido. Em alguns
terminais, vocЖ pode digitar C-_ digitando / enquanto segurando o
CONTROL.

Um argumento numжrico para C-_ ou C-x u age como um contador de
repetiусo.

VocЖ pode desfazer a deleусo de texto da mesma maneira que vocЖ pode
desfazer o kill de um texto. A distinусo entre matar e deletar alguma
coisa afeta se vocЖ pode colar com C-y; isso nсo faz diferenуa pro
desfazer (undo).


* ARQUIVOS
----------

Para poder fazer o texto que vocЖ edita permanente, vocЖ precisa
coloca-lo em um arquivo. Ou entсo, isso serр perdido quando o seu Emacs
for fechado. Para colocar seu texto em um arquivo, vocЖ precisa
"encontrar" o arquivo antes de digitar o texto (Isso tambжm ж chamado
"visitar" um arquivo.).

Encontrando um arquivo significa que vocЖ verр o conteЩdo de um arquivo
com o Emacs. De diversas maneiras, isso ж como se vocЖ estivesse
editando o arquivo. De qualquer maneira, as mudanуas que vocЖ fizer
utilizando o Emacs nсo se tornarсo permanente ate que vocЖ "salve" o
arquivo. Isso e para que vocЖ evite deixar um arquivo meio-modificado no
sistema enquanto vocЖ nсo quer isso. Mesmo quando vocЖ salva, o Emacs
deixa o arquivo original sobre um arquivo de nome alterado no caso que
vocЖ mais tarde decida que aquelas mudanуas foram um erro.

Se vocЖ olhar no rodapж da tela vocЖ verр a linha que comeуa e termina
com traуos e inicia com "--:-- TUTORIAL.pt_BR" ou algo parecido com
isso. Essa parte da tela normalmente mostra o nome do arquivo que vocЖ
esta visitando. Agora mesmo, vocЖ esta visitando um arquivo chamado
"TUTORIAL.pt_BR" que ж sua prзpria copia do tutorial do Emacs. Quando
vocЖ encontra um arquivo com o Emacs, o nome do arquivo aparecera nesse
lugar especifico.

Algo especial para se dizer sobre o comando de encontrar arquivo e que
vocЖ tem que dizer qual nome do arquivo vocЖ quer. Dizemos que o comando
"lЖ um argumento do terminal" (nesse caso, o argumento e o nome do
arquivo). Depois que vocЖ digitar o comando

       C-x C-f  Encontrar um arquivo

O Emacs pede para vocЖ digitar o nome do arquivo. O nome do arquivo
aparece no rodapж da tela. A linha de rodapж ж chamada de minibuffer
quando ж utilizada para esse tipo de introduусo de dados. VocЖ pode
utilizar os comandos padrшes do Emacs para editar o nome do arquivo.

Enquanto vocЖ estiver digitando o nome do arquivo (ou qualquer outro
tipo de dado para o minibuffer), vocЖ pode cancelar o comando com a
tecla C-g.

>> Digite C-x C-f, entсo digite C-g. Isso cancelara o minibuffer, e
   tambжm cancelara o comando C-x C-f que estava sendo utilizado no
   minibuffer. Para que vocЖ nсo procure nenhum arquivo.

Quando vocЖ terminar de digitar o nome do arquivo, digite <Return> para
terminar. Entсo o comando C-x C-f ira trabalhar, e encontrar o arquivo
que vocЖ escolheu. O minibuffer desaparece quando o comando C-x C-f e
finalizado.

Em pouco tempo o conteЩdo do arquivo aparece na tela, e vocЖ poderр
editar o conteЩdo dele. Quando vocЖ terminar de fazer suas alteraушes
permanentes digite o comando

       C-x C-s  Salve o arquivo

Isso copia o texto do Emacs para o arquivo. A primeira vez que vocЖ
fizer isso, o Emacs vai renomear o arquivo original para um novo nome
para que vocЖ nсo o perca. O nome novo e feito adicionando "~" no fim do
nome original do arquivo.

Quando o salvamento for concluьdo, Emacs imprimira o nome do arquivo
escrito. VocЖ deve salvar o conteЩdo do seu arquivo regularmente, para
que vocЖ nсo perca muito trabalho caso o sistema caia por um algum
motivo.

>> Digite C-x C-s, salvara a copia do seu tutorial.
   Isso ira imprimir "Wrote ...TUTORIAL.pt_BR" no fim da tela.

NOTA: Em alguns sistemas, digitar C-x C-s ira travar a tela e vocЖ nсo
verр saьda do Emacs. Isso indica que um "recurso" do sistema operacional
chamado "controle de fluxo" (flow control) esta interceptando o C-s e
nсo deixando que passe pelo Emacs. Para destravar a tela, digite
C-q. Entсo, leia na seусo "Spontaneous Entry to Incremental Search" no
manual do Emacs para uma dica de como lhe dar com esse "recurso".

VocЖ pode encontrar um arquivo jр existente, para ver ou edita-lo. VocЖ
tambжm pode encontrar um arquivo que ainda nсo existe. Essa ж a maneira
de criar um arquivo com o Emacs: encontre o arquivo, que ira iniciar
vazio, entсo inicie inserindo o texto para o arquivo. Quando vocЖ pedir
para "salvar" o arquivo, Emacs irр perguntar se vocЖ realmente quer
criar o arquivo com o texto que vocЖ acabou de inserir. De agora em
diante, vocЖ pode considerar que esta editando um arquivo jр existente.


* BUFFERS
---------

Se vocЖ encontrar um segundo arquivo com C-x C-f, o primeiro continuara
dentro do Emacs. VocЖ pode voltar para ele encontrando-o novamente com
C-x C-f. Dessa maneira vocЖ pode ter um grande numero de arquivos dentro
do Emacs.

>> Crie um arquivo chamado "foo" digitando C-x C-f foo <Return>.
   Depois digite algum texto, edite-o, e salve "foo" digitando C-x C-s.
   Finalmente, digite C-x C-f TUTORIAL.pt_BR <Return> para voltar ao
   tutorial.

O Emacs guarda cada texto de um arquivo em um objeto chamado
"buffer". Encontrar um arquivo cria um novo buffer dentro do Emacs. Para
ver uma lista dos buffers que existem no serviуo do seu Emacs, digite

        C-x C-b  Lista os buffers

>> Tente C-x C-b agora.

Veja como cada buffer tem um nome, e ele tambжm pode ter um nome de
arquivo para o conteЩdo de arquivo que ele armazena. Alguns buffers nсo
correspondem a arquivos. Por exemplo, o buffer chamado "*Buffer List*"
nсo tem nenhum arquivo. Esse ж o buffer que contem a lista de buffers
que foi feito com C-x C-b. QUALQUER texto que vocЖ ver numa janela do
Emacs e sempre parte de algum buffer.

>> Digite C-x 1 para sair da lista dos buffers.

Se vocЖ fizer mudanуas no texto de um arquivo, entсo encontrar um novo
arquivo, isso nсo salva o conteЩdo do primeiro arquivo. As mudanуas
continuam dentro do Emacs, nos buffers de arquivo. A criaусo ou ediусo
do buffer do segundo arquivo nсo tem nenhum efeito no buffer do primeiro
arquivo. Isso ж muito Щtil, mas tambжm significa que vocЖ precisa de uma
maneira conveniente de salvar o buffer do primeiro arquivo. Seria
inconveniente ter que voltar para ele com C-x C-f para salva-lo com C-x
C-s. Por isso temos

        C-x s     Salve alguns buffers

C-x s pergunta a vocЖ sobre cada buffer que contem modificaусo e vocЖ
nсo salvou. Ele te pergunta, para cada buffer, se vocЖ quer salvar.

>> Insira uma linha de texto, entсo digite C-x s.
   Isso deve te perguntar se vocЖ quer salvar o buffer chamado
   TUTORIAL.pt_BR.
   Responda sim para a pergunta digitando "y".


* ESTENDENDO O COMANDO SET
--------------------------

Existem mais, muito mais comandos que o Emacs poderia possivelmente ser
colocado em todos os control e caracteres meta. O Emacs faz isso com o
comando X (estender). Que vem em duas versшes:

        C-x     Extensor de caractere. Seguido por um caractere.
        M-x     Extensor de nome de comando. Seguido por um longo nome.

Esses comandos que sсo geralmente Щteis mas pouco usados que os comandos
que vocЖ jр aprendeu. VocЖ jр viu dois deles: os comandos de arquivos
C-x C-f para Encontrar e C-x C-s para Salvar. Outro exemplo de um
comando para finalizar a sessсo do Emacs - esse ж o comando C-x C-c (Nсo
se preocupe em perder as mudanуas que vocЖ fez; C-x C-c oferece salvar
cada arquivo modificado antes de matar o Emacs.).

C-z ж o comando para sair do Emacs *temporariamente* - entсo vocЖ pode
voltar para a mesma seусo do Emacs depois.

Em sistemas que permitem isso, C-z "suspende" o Emacs; isso e, retorna
ao shell mas nсo destrзi o Emacs. Nos shells mais comum, vocЖ pode
resumir o Emacs com o comando 'fg' ou com '%emacs'.

Nos sistemas que nсo implementam suspensсo, C-z cria um subshell rodando
sobre o Emacs para dar a vocЖ a chance de rodar outros programas e
retornar ao Emacs depois; isso nсo "sai" verdadeiramente do Emacs. Nesse
caso, o comando shell 'exit' ж o comando usual para voltar ao Emacs do
subshell.

A hora de usar o C-x C-c ж quando vocЖ esta prestes a sair do sistema
operacional. ╔ tambжm a maneira correta de sair do Emacs quando chamado
atravжs de um cliente de e-mail ou outros utilitрrios, porque eles nсo
controlam a suspensсo do Emacs. Em outras circunstРncias, se vocЖ nсo
estiver saindo do sistema operacional, ж melhor suspender o Emacs com
C-z ao invжs de sair do Emacs.

Existem diversos comando C-x. Aqui esta uma lista dos que vocЖ aprendeu:

	C-x C-f		Encontrar arquivo.
	C-x C-s		Salvar arquivo.
	C-x C-b		Listar buffers.
	C-x C-c		Sair do Emacs.
	C-x 1		Deletar todas menos a janela atual.
	C-x u		Desfazer.

O extensor de nome de comando ж usado menos ainda, ou comandos que sсo
usados apenas em alguns modos. Um exemplo ж o comando replace-string,
que globalmente troca uma string por outra. Quando vocЖ digita M-x, o
Emacs te pergunta no rodapж da tela M-x e vocЖ deve digitar o nome do
comando; nesse caso, "replace-string". Apenas digite "repl s<TAB>" e o
Emacs ira completar o nome. (<TAB> ж a tecla Tab, usualmente encontrando
abaixo do CapsLock ou Shift bem na extremidade do teclado.). Termine o
comando com <Return>.

O comando replace-string requer dois argumentos - a string para ser
trocada, e a string que ira substitui-la. VocЖ precisa terminar cada
argumento com <Return>.

>> Mova o cursor para a linha branca duas linhas abaixo dessa.
   Digite entсo M-x repl s<Return>mudou<Return>alterado<Return>.

   Note como essa linha mudou: vocЖ substituiu a palavra m-u-d-o-u por
   "alterado" quando ocorreu, apos a posiусo inicial do cursor.


* SALVAMENTO AUTOM┴TICO
-----------------------

Quando vocЖ fizer mudanуas em um arquivo, mas vocЖ ainda nсo tiver
salvo, elas podem ser perdidas se o seu computador der pau. Para
proteger vocЖ disso, o Emacs periodicamente escreve um arquivo "auto
salvo" para cada arquivo que vocЖ estiver editando. O nome do arquivo
auto salvo tem um # no inicio e no fim; por exemplo, se o seu arquivo
tiver o nome "ola.c", o nome do arquivo auto salvo dele serр
"#ola.c#". Quando vocЖ salvar o arquivo da maneira normal, o Emacs
deleta os arquivos auto salvos.

Se o computador der pau, vocЖ pode recuperar suas modificaушes auto
salvas abrindo o arquivo normalmente (o arquivo que vocЖ estava
editando, nсo o arquivo auto-salvo) e entсo digitar M-x recover
file<Return>. Quando isso perguntar por confirmaусo, digite yes<Return>
para ir em frente e recuperar os dados auto salvos.


* ┴REA DE SA═DA (ECHO AREA)
---------------------------

Se o Emacs ver que vocЖ esta digitando comandos multi-caractere
lentamente, ele os mostrara para vocЖ no fim da tela numa рrea chamada
┴rea de Saьda ou Echo ┴rea. A рrea de saьda contem a linha de rodapж da
tela.


* MODE LINE
-----------

A linha imediatamente acima da рrea de saьda ж chamada de "mode line". O
mode line diz algo algo mais ou menos assim:

--:**  TUTORIAL.pt_BR    (Fundamental)--L670--58%----------------

Essa linha da informaушes Щteis sobre o status do Emacs e o texto que
vocЖ esta editando.

VocЖ jр sabe o que o nome do arquivo significa -- ж o arquivo que vocЖ
encontrou. -NN%-- indica sua posiусo no arquivo texto; significa que NN
percento do texto esta acima do topo da tela. Se o topo do arquivo
estiver na tela, ele dirр --Top-- ao invжs de --00%--. Se o rodapж do
texto estiver na tela, ele mostrara --Bot--. Se vocЖ estiver olhando um
texto muito pequeno que cabe na todo na tela, o mode line ira dizer
--All--.

O L sсo dьgitos e indicam a posiусo de uma outra maneira: eles mostram a
linha corrente do ponto.

Os asteriscos prзximo ao inicio significa que vocЖ fez mudanуas ao
texto. Logo apзs vocЖ visitar um arquivo ou salvar um arquivo, essa
parte do mode line nсo mostrara asteriscos, apenas traуos.

A parte do mode line dentro do parЖnteses lhe diz quais modos vocЖ esta
utilizando. O modo padrсo ж o Fundamental que ж o que vocЖ esta
utilizando agora. ╔ um exemplo de um "modo majoritрrio".

O Emacs tem diversos diferentes modos majoritрrios. Alguns deles sсo
para ediусo de diferentes linguagens de programaусo e/ou tipos de texto,
como modo Lisp, modo Texto, etc. Em qualquer momento um ж apenas um modo
majoritрrio e ativo, e seu nome pode ser encontrado no mode line
exatamente onde o "Fundamental" esta agora.

Cada modo majoritрrio faz com que alguns comandos operem de modo
diferente. Por exemplo, existem comandos para criar comentрrios nos
programas, e desde que cada linguagem de programaусo tem uma idжia
diferente de como um comentрrio deve ser, cada modo majoritрrio tem que
inserir seus comentрrios individualmente. Cada modo majoritрrio ж o nome
de um comando estendido, e ж assim que vocЖ pode mudar para determinado
modo. Por exemplo, M-x fundamental-mode ж o comando para trocar para o
modo Fundamental.

Se vocЖ vai editar texto em PortuguЖs, como neste arquivo, vocЖ pode
utilizar o modo Texto.

>> Digite M-x text mode<Return>.

Nсo se preocupe, nenhum dos comandos do Emacs que vocЖ aprendeu
mudarсo. Mas vocЖ pode observar que o M-f e o M-b tratam os apзstrofos
como parte das palavras. Anteriormente, no modo Fundamental, M-f e M-b
trataram os apзstrofos como separadores de palavras.

Modos majoritрrios fazem usualmente modificaушes como esta: a maioria
dos comandos fazem "a mesma coisa" em cada modo majoritрrio, mas eles
trabalham um pouquinho diferente.

Para ver a documentaусo do seu modo majoritрrio, digite C-h m.

>> Utilize C-u C-v uma ou mais para trazer essa linha prзxima ao topo da
   tela.
>> Digite C-h m, para ver como o modo texto difere do modo Fundamental.
>> Digite C-x 1 para remover a documentaусo da tela.

Modos majoritрrios sсo chamados de majoritрrios porque tambжm existem
modos minoritрrios. Modos minoritрrios nсo sсo alternativos aos modos
majoritрrios, apenas uma modificaусo minoritрria deles. Cada modo
minoritрrio pode ser ligado ou desligado por ele mesmo, independente de
todos os outros modos minoritрrios, ж independente do modo
majoritрrio. Entсo vocЖ pode nсo utilizar modos minoritрrios, ou um modo
minoritрrio, ou qualquer combinaусo de modos minoritрrios.

Um modo minoritрrio que ж bastante Щtil, especialmente para editar texto
em PortuguЖs, ж o modo Auto Fill. Quando ele esta ligado, o Emacs quebra
a linha entre as palavras automaticamente quando vocЖ inserir um texto e
criar uma linha muito comprida.

VocЖ pode ligar o modo Auto Fill fazendo M-x auto fill
mode<Return>. Quando o modo estiver ligado, vocЖ pode desliga-lo
novamente fazendo M-x auto fill mode<Return>. Se o modo estiver
desligado, esse comando o liga, e se ele estiver ligado, este comando o
desligara. Nos dizemos que o comando inverte seu status.

>> Digite M-x auto fill mode<Return> agora. Entсo insira uma linha de
   "asdf " diversas vezes ate que vocЖ veja dividir em duas linhas. VocЖ
   precisa colocar espaуos entre as palavras porque o modo Auto Fill
   quebra apenas nos espaуos.

A margem ж usualmente definida com 70 caracteres, mas vocЖ pode
modifica-la com o comando C-x f. VocЖ deve dar a margem que vocЖ quer
como um argumento numжrico.

>> Digite C-x f com um argumento de 20. (C-u 20 C-x f).
   Entсo digite algum texto e veja o Emacs encher linhas com ate 20
   caracteres. Entсo, volte a definir a margem para 70 utilizando C-x f.

Se vocЖ fizer uma mudanуa no meio de um parрgrafo, o modo Auto Fill nсo
ira re-preencher para vocЖ. Para re-preencher o parрgrafo, digite M-q
(Meta-q) com o cursor dentro do parрgrafo.

>> Mova o cursor dentro do parрgrafo anterior e digite M-q.


* PESQUISANDO
-------------

O Emacs pode fazer pesquisas por strings (esses sao grupos de caracteres
ligados ou palavras) tanto para frente do texto ou para traz. Pesquisar
por uma string e um comando de movimento do cursor; ele move o cursor
para o prзximo lugar onde a string aparece.

O comando de pesquisa do Emacs ж diferente dos comandos de pesquisa da
maioria dos editores, porque ж uma pesquisa "incremental". Isso
significa que a pesquisa acontece enquanto vocЖ digita uma string para
pesquisar.

O comando para iniciar a pesquisa ж C-s para pesquisa para frente ou C-r
para pesquisa inversa. MAS ESPERE! Nсo tente fazer agora.

Quando vocЖ digitar C-s vocЖ percebera que uma string "I-search"
aparecera como prompt na рrea de saьda. Isso diz para vocЖ que o Emacs
esta no que chamamos de pesquisa incremental esperando que vocЖ digite o
que vocЖ quer procurar. <Return> termina a pesquisa.

>> Agora digite C-s para iniciar a pesquisa. DEVAGAR, uma letra por vez,
   digite o caractere 'cursor', pausando cada vez que vocЖ digitar um
   caractere, perceba o que acontece com o cursor. Agora que vocЖ
   pesquisou por "cursor", uma vez.
>> Digite C-s novamente, para pesquisa a prзxima ocorrЖncia de "cursor".
>> Agora digite <Delete> quatro vezes e veja como o cursor move.
>> Digite <Return> para terminar a pesquisa.

VocЖ viu o que aconteceu? O Emacs, em uma pesquisa incremental, tenta ir
para a ocorrЖncia que vocЖ digitou ate o momento. Para ir para prзxima
ocorrЖncia de 'cursor' apenas digite C-s novamente. Se nenhuma
ocorrЖncia existir, o Emacs bipa e te diz que a pesquisa atual
falhou. C-g tambжm termina a pesquisa.

NOTA: Em alguns sistemas, digitar C-s ira travar a tela e vocЖ nсo verр
saьda do Emacs. Isso indica que um "recurso" do sistema operacional
chamado "controle de fluxo" (flow control) esta interceptando o C-s e
nсo deixando que passe pelo Emacs. Para destravar a tela, digite
C-q. Entсo, leia na seусo "Spontaneous Entry to Incremental Search" no
manual do Emacs para uma dica de como lhe dar com esse "recurso".

Se vocЖ estiver no meio de uma pesquisa incremental e digitar <Delete>,
vocЖ percebera que o ultimo caractere da pesquisa serр apagado e a
pesquisa voltara para o ultimo lugar da pesquisa. Por exemplo, imagine
que vocЖ tenha digitado "c", para pesquisar a primeira ocorrЖncia de
"c". Agora se vocЖ digitar "u", o cursor ira mover para a primeira
ocorrЖncia de "cu". Agora digite <Delete>. Isso ira apagar o "u" da
string de pesquisa, e o cursor movera de volta para a primeira
ocorrЖncia de "c".

Se vocЖ estiver no meio de uma pesquisa e digitar um caractere control
ou meta (com algumas exceушes--caracteres que sсo especiais em uma
pesquisa, como C-s e C-r), a pesquisa ж terminada.

O C-s inicia uma pesquisa que procura por qualquer ocorrЖncia da string
de pesquisa APМS a posiусo corrente do cursor. Se vocЖ quiser pesquisar
por alguma coisa anterior no texto, digite C-r ao invжs. Tudo que nos
dissemos sobre C-s tambжm implica para C-r, tirando a direусo da
pesquisa que ж reversa.


* M┌LTIPLAS JANELAS
-------------------

Um dos recursos mais interessantes do Emacs ж que vocЖ pode mostrar mais
de uma janela na tela ao mesmo tempo.

>> Mova o cursor para essa linha e digite C-u 0 C-l (isso ж control-L,
   nсo control-1).

>> Agora digite C-x 2 que vai dividir a tela em duas janelas.
   As duas janelas vсo mostrar esse tutorial. O cursor fica na janela
   do topo.

>> Digite C-M-v para rolar para o fim da janela.
   (Se vocЖ nсo tiver uma tecla Meta de verdade, digite ESC C-v.).

>> Digite C-x o ("o" para "outra") para mover o cursor para o rodapж
   da janela.
>> Use C-v e M-v no rodapж da janela para roda-la.
   Continue lendo essas direушes na janela do topo.

>> Digite C-x o novamente para mover o cursor de volta para a janela
   do topo.
   O cursor na janela do topo esta exatamente como estava antes.

VocЖ pode continuar usando C-x o para alternar entre as janelas. Cada
janela tem sua prзpria posiусo de cursor, mas apenas uma janela mostra o
cursor. Todos os comandos mais comuns de ediусo aplicam para a janela
que o cursor esta. Chamamos isso de "janela selecionada".

O comando C-M-v ж muito Щtil para quando vocЖ estiver editando o texto
em uma janela e utilizando a outra janela para referencia. VocЖ pode
manter o cursor sempre na janela que vocЖ estiver editando, e avanуar
pela outra janela seqЧencialmente utilizando C-M-v.

C-M-v ж um exemplo de um caractere CONTROL-META. Se vocЖ tiver uma tecla
META real, vocЖ pode digitar C-M-v segurando ambos CONTROL e META
enquanto digitar v. Nсo importa se CONTROL ou META "vem primeiro,"
porque ambas as teclas agem modificando o caractere que vocЖ digita.

Se vocЖ nсo tiver um tecla META real, vocЖ pode utilizar ESC ao invжs, a
ordem nсo importa: vocЖ precisa digitar ESC seguido por Control-v,
porque Control-ESC v nсo ira funcionar. Isso porque ESC ж um caractere
com seu prзprio direito, nсo ж uma tecla de modificaусo.

>> Digite C-x 1 (na janela do topo) para fugir da janela do rodapж.

(Se vocЖ tivesse digitado C-x 1 na janela do rodapж, vocЖ fugiria da
janela do topo. Pense neste comando como "Mantenha apenas uma janela--a
janela que estou dentro.")

VocЖ nсo precisa mostrar o mesmo buffer nas duas janelas. Se vocЖ
utilizar C-x C-f para encontrar um arquivo em outra janela, a outra
janela nсo mudara. VocЖ pode encontrar um arquivo em cada janela
independentemente.

Aqui esta uma maneira de utilizar duas janelas para mostrar coisas
diferentes:

>> Digite C-x 4 C-f seguido pelo nome de um dos seus arquivos.
   Termine com <Return>. Veja o arquivo especificado aparece na janela
   do rodapж. O cursor ira para lр, tambжm.

>> Digite C-x o para voltar a janela do topo, e C-x1 para deletar a
   janela de rodapж.


* N═VEIS RECURSIVOS DE EDIК├O
-----------------------------

Algumas vezes vocЖ entrara no que chamamos de "nьvel de ediусo
recursiva". Isso ж indicado por colchetes no mode line, envolvendo os
parЖnteses em volta do nome do modo majoritрrio. Por exemplo, vocЖ pode
ver [(Fundamental)] ao invжs de (Fundamental).

Para sair desses nьveis recorrьveis de ediусo, digite ESC ESC ESC. Isso
e um comando de todos os propзsitos "saia". VocЖ pode tambжm utilizar
para eliminar janelas extras, e sair de um minibuffer.

>> Digite M-x para entrar no minibuffer; entсo digite ESC ESC ESC para
   sair.

VocЖ nсo pode utilizar C-g para sair de um nьvel de ediусo
recursiva. Isso porque o C-g ж utilizado para cancelar comandos e
argumentos COM o nьvel de ediусo recursiva.


* CONSEGUINDO MAIS AJUDA
------------------------

Neste tutorial nos tentamos suprimir informaушes suficientes para que
vocЖ comece a utilizar o Emacs. Existe tanto disponьvel sobre Emacs que
seria impossьvel explicar tudo aqui. De qualquer maneira, vocЖ pode
querer aprender mais sobre Emacs mesmo porque ele tem muitos outros
recursos Щteis. O Emacs proporciona comandos para leitura de
documentaусo sobre comandos do Emacs. Esses comandos de "ajuda" iniciam
com o caractere Control-h, que ж chamado de "o caractere de ajuda".

Para utilizar os recursos de ajuda, digite o caractere C-h, e entсo um
caractere dizendo que tipo de ajuda vocЖ quer. Se vocЖ REALMENTE estiver
perdido, digite C-h ? e o Emacs ira te dizer que tipo de ajuda ele pode
te dar. Se vocЖ digitar C-h e decidir que vocЖ nсo quer nenhuma ajuda,
apenas digite C-g para cancelar.

(Alguns sistemas mudam o significado do caractere C-h. Eles nсo deveriam
fazer isso para todos os usuрrios, entсo vocЖ tem muito a reclamar com o
administrador do sistema. Enquanto isso, se C-h nсo mostrar a mensagem
sobre ajuda no rodapж da tela, tente digitar a tecla F1 ou M-x help
<Return> ao invжs.)

O recurso de ajuda mais bрsico ж o C-h c. Digite C-h, e o caractere c, ж
um comando de caractere ou seqЧЖncia; entсo o Emacs mostrara uma breve
descriусo do comando.

>> Digite C-h c C-p
   A mensagem deve ser algo assim

	C-p roda o comando linha-anterior

Isso diz a vocЖ "o nome da funусo". Nome de funушes sсo utilizados
basicamente para personalizar o estender o Emacs. Mas desde que nomes de
funушes sсo utilizados para indicar que o que o comando faz, eles podem
servir tambжm como uma breve documentaусo--suficiente para lembrar vocЖ
os comandos que vocЖ jр aprendeu.

Comandos multi-caractere como C-x C-s e (se vocЖ nсo tiver a tecla META
ou EDIT ou ALT) <ESC>v ж tambжm permitido depois de C-h c.

Para ter mais informaусo sobre um comando, utilize C-h k ao invжs de C-h
c.

>> Digite C-h k C-p.

Isso mostra a documentaусo da funусo, assim como seu nome, em uma janela
do Emacs. Quando vocЖ terminar de ler a saьda, digite C-x 1 para sair da
saьda do texto de ajuda. VocЖ nсo precisa fazer isso imediatamente
apos. VocЖ pode fazer alguma ediусo enquanto utilizando como referencia
o texto de ajuda, e entсo digite C-x 1.

Aqui estсo algumas outras opушes Щteis do comando C-h:

   C-h f	Descreve a funусo. Digite o nome da funусo.

>> Tente digitar C-h f previous-line<Return>
   Isso ira imprimir toda informaусo que o Emacs tem sobre a funусo que
   implementa o comando C-p.

   C-h a        Comando Apropos. Digite uma palavra chave e o Emacs ira
                listar todos os comandos que o nome contem essa
                palavra. Esses comandos podem ser chamados com
                Meta-x. Para alguns comandos, o comando Apropos ira
                tambжm listar um ou dois caracteres de seqЧЖncia que
                roda o mesmo comando.

>> Digite C-h a file<Return>.

Isso mostra em uma outra janela a lista de todos os comandos M-x com
"arquivo" em seus nomes. VocЖ Vera comandos-caractere como C-x C-f
listados ao lado do comando correspondente assim como o find-file.

>> Digite C-M-v para rolar a janela de ajuda. Faca isso algumas vezes.

>> Digite C-x 1 para deletar a janela de ajuda.


* CONCLUS├O
-----------

Lembre, para sair permanentemente do Emacs utilize C-x C-c. Para sair
para um shell temporariamente, para que vocЖ possa voltar ao Emacs mais
tarde, utilize C-z.

Esse tutorial foi feito para ser entendьvel para todos os novos
usuрrios, entсo se vocЖ encontrou algo que parece nсo estar claro, nсo
sente e se culpe - reclame!


* CМPIA
-------

Esse tutorial descende de uma longa linha de tutoriais do Emacs
iniciando com um escrito por Stuart Cracraft para o Emacs original.

Essa versсo do tutorial foi originalmente traduzida por Marcelo Toledo
<marcelo@gnu.org> e como o GNU Emacs, tem um copyright, e vem
com uma permissсo de distribuiусo de cзpias nas seguintes condiушes:

Copyright (C) 2004, 2005 Free Software Foundation, Inc.

   Permissсo ж garantida a qualquer um para fazer ou distribuir copias
   integrais deste documento como recebido, em qualquer meio, deixando
   disponьvel e preservados o aviso de copyright e o aviso de permissсo,
   e o distribuidor garante que a permissсo para distribuiушes
   posteriores permitam o mesmo que esta nota.

   Permissсo garantida para distribuir versшes modificadas deste
   documento, ou partes dele, sobre as condiушes acima, sempre que elas
   tenham uma nota visьvel de quem foi o ultimo a alterar-lo.

As condiушes para copiar o Emacs especificamente sсo mais complexas, mas
no mesmo espьrito. Por favor, leia o arquivo COPYING e dЖ copias do GNU
Emacs para seus amigos. Ajude a erradicar o obstrucionismo de software
("proprietрrio") usando, escrevendo, e compartilhando software livre!

;;; Local Variables:
;;;   coding: latin-1
;;;   sentence-end-double-space: nil
;;; End:

;;; arch-tag: 8ea256d6-2c4a-49ee-ac08-0ea6ef25bf8d